Consórcio ou financiamento de imóvel: descubra qual a melhor opção

  • Home
  • Curiosidades
  • Consórcio ou financiamento de imóvel: descubra qual a melhor opção

A maioria das pessoas sonha em ter sua casa própria e, como poucos têm condições de realizar o pagamento à vista, as principais opções acabam sendo o consórcio ou financiamento.

No entanto, é normal ficar em dúvida sobre as duas opções. Afinal, como elas funcionam e qual dos dois métodos é o mais vantajoso? Para ajudá-lo nessa questão, preparamos este post. Continue a leitura e confira!

Taxa de juros

Quando a taxa de juros está mais alta, o melhor é optar pelo consórcio. Isso porque o valor final é mais barato, pois você paga apenas a taxa de administração.

Sobre o valor das parcelas, é importante saber que, no caso do financiamento, elas começam mais caras e vão diminuindo — enquanto que, no consórcio, ocorre o contrário. É preciso ter isso em mente ao escolher entre as duas opções, pois é um fator que vai interferir na sua organização financeira e em seu padrão de vida pelos próximos anos.

Disponibilidade do bem

Nesse quesito, o financiamento é melhor porque o bem fica disponível imediatamente — a não ser, é claro, que ele ainda esteja sendo construído, como é o caso dos imóveis comprados na planta. A grande desvantagem do consórcio é depender de quando você for contemplado, o que pode acontecer nas primeiras parcelas ou somente nas últimas. Por isso, considere-o como um investimento para o futuro e que depende de sorte.

Escolha do imóvel

O financiamento é mais flexível no que se refere à escolha do bem. Você pode financiar qualquer imóvel, desde que o vendedor aceite essa forma de pagamento e que o valor esteja dentro do seu crédito aprovado. Já o consórcio é uma espécie de compra coletiva, onde todos os participantes pagam pelo imóvel contemplado a cada mês. Por isso, o padrão do bem comprado por cada pessoa deve ser parecido.

Tempo de pagamento

O financiamento é ideal para quem precisa de mais tempo para pagar, pois pode ser quitado em até 35 anos. Isso faz com que o valor final seja alto, mas cada parcela seja mais acessível. Já o consórcio tem um tempo de quitação menor, o que eleva o preço de cada mensalidade. Porém, é vantajoso para quem deseja ter o bem no próprio nome rapidamente.

Desvalorização

Uma grande desvantagem do consórcio é que o bem desejado pode ter ficado mais caro ao fim dos pagamentos — ou seja, há o risco de desvalorização do dinheiro. Assim, será preciso complementar o valor ou escolher outro imóvel. Já no caso do financiamento, o imóvel não muda de valor, pois ele já foi quitado pela instituição financeira. Ao pagar seu financiamento, você na verdade está devolvendo, com juros, o dinheiro emprestado.

Até que você termine de pagar o imóvel, ele fica no nome do banco e não é efetivamente seu. Por isso, é importante se organizar para pagar as parcelas em dia — caso contrário, você poderá perder o bem.

Como vimos, na maioria dos casos, o financiamento é uma opção melhor que o consórcio para a compra de bens. Ainda assim, é preciso considerar as suas prioridades e a taxa de juros atual.

Agora que você sabe escolher entre consórcio ou financiamento, que tal nos seguir nas redes sociais? Estamos no Facebook e no YouTube!

Deixe um comentário

Share This